A arquitetura da Embaixada

Projetada pelo Arquiteto, Professor Helge Zimdal, a Embaixada foi inaugurada em 1974.

A Embaixada da Suécia levou oito anos, desde do convite para se mudar do Rio de Janeiro a Brasília, até a Embaixada estar completamente concluída na Av. das Nações, Quadra 807.

O projeto passou pela aprovação de Lucio Costa que ficou muito surpreso pois o projeto era bem diferente do que normalmente se esperaria de uma embaixada. Porém, acrescentou que a impressão geral era de uma construção sóbria e discreta, que poderia ser definida com uma civilizada suavidade.

A arquitetura da Embaixada é uma livre e austera interpretação dos costumes rurais suecos, incluindo sua forma hierárquica e prática referente a localização das casas.

O terreno foi discretamente dividido em um quarteirão oficial, onde  se encontra a chancelaria, a casa residencial do embaixador;  um pequeno espaço para trabalhos auxiliares; e um jardim com acomodação para a equipe sueca. Assim, criou-se  um grande espaço verde simbolizando a distância vital entre a área de trabalho, o lar e o lazer, representado pela piscina e quadra de tênis.

Na parte oficial da composição, os prédios foram construídos em desnível ou em dois andares.

Todas as casas foram providas de um bom tamanho, varanda coberta, árvores de mamão, abacate e jacarandá.
Cerca de  28 espécies de árvores e flores, como por exemplo, flamboyant, ipê-amarelo, jambo, hibiscus, hortência, gardênia, bougaville, banana, manga, limão, pintanga, entre outras crescem no jardim. As fachada exteriores de cerâmica azul-marinho contrastam com  a vegetação ao redor.

A Residência do Embaixador possui 625 m2 e seu terraço e piscina para os convidados se localizam atrás do jardim, discretamente escondido do estacionamento e sem comunicação com outros espaços.A decoração artística da sala de jantar continua intacta, assim como os abajures manufaurados pela Orrefors.

Na chancelaria, o primeiro piso foi modificado e possui uma sala de reunião, uma pequena biblioteca, a recepção e nos corredores, os escritórios.

As casas começaram a ser entregues em abril, sucessivamente, até setembro de 1974, quando a Embaixada ficou totalmente pronta.

Informações Gerais

Arquiteto: Professor Helge Zimdal, Gotemburgo.
Construtora: Cristiani Nielsen A/S - São Paulo
Prazo para a construção: 20 meses

Contribuiram para a decoração da Embaixada, os seguintes artistas:
Aline Magnusson - Relevo em gesso: " As Quatro Estações"
Knut-Erik Lindberg - Escultura: " A Vaca"
Marianne Richter - Tapeçaria Francesa: " O Barco" e "A Abóbora"
Hugo Zuhr - Pintura a óleo: "Os Salqueiros Perto do Mar"
Sven Rydén - Pintura: "Imagens de Estocolmo"


Custo da Embaixada : 9.9 milhões de Coroas Suecas, aproximadamente, 2.7 milhões de reais.

Navigation

Top