Cidadania

  A cidadania sueca está ligada aos jus sanguini, ou seja está ligada aos pais e não ao local de nascimento.

Portanto, indivíduos nascidos na Suécia, filhos de mãe e pai não suecos não podem obter cidadania sueca. Segundo a lei sueca, apenas filhos de pais suecos ou de pai ou mãe com cidadania sueca tem o direito a cidadania se requisitada até os 22 anos de idade. Após essa idade, cessa o direito para requisição da cidadania por se considerar perda de vínculo com a Suécia. Dessa maneira, a cidadania não será concedida aos netos, bisnetos, tataranetos de cidadãos suecos.

Requerimento de Cidadania Sueca
A partir do 1 de abril 2015 toda criança que nasce com o pai ou a mãe sendo cidadão sueco recebe automaticamente cidadania sueca. Porém é necessário registrar o recém nascido no “Skatteverket” para requerer passaporte sueco.

 

Manter a sua cidadania sueca
Se você não nasceu na Suécia, nunca morou na Suécia ou nunca esteve na Suécia em circunstancias que mostra ligação com o país, após completar 22 anos, você pode perder a cidadania sueca. Para evitar perder a sua cidadania sueca você pode requerer mantê-lo depois de completar 18 anos, mas antes de completar 22 anos.
Se você é a primeira geração nascida no exterior, a sua solicitação geralmente será concedida. Gerações posteriores nascidas no exterior podem manter a sua cidadania sueca assim que a ligação com o país não esteja completamente quebrada.
O formulário necessário para solicitar manter a sua cidadania sueca é: Ansökan om att behålla svenskt medborgarskap (nr. 302021).
 
Há três formas de solicitar para manter a cidadania sueca:
• Entregar o formulario na Embaixada da Suécia ou Consulado da Suécia no Brasil
• Em caso que você esteja na Suécia, enviar o formulario diretamente para Departamento de Migração sueca “Migrationsverket”

Migrationsverket
Medborgarskapsenheten
601 70 NORRKÖPING

Navigation

Top